Introdução

A Igreja Metodista Livre surgiu em 1860 como um movimento de Deus para alcançar e transformar o mundo fazendo discípulos e multiplicando líderes. Não pregamos apenas a salvação das almas, mas também a transformação dos indivíduos e da sociedade.Se Deus encontrar nossas vidas aceitáveis a Ele, Ele vai nos ungir para um ministério frutífero!A Palavra de Deus é nosso guia e modelo. Através da unção do Espírito Santo e da sabedoria resultante da busca a Deus, surge uma visão clara e um entendimento da função. É através da confirmação do povo de Deus que a visão pode se tornar realidade e que as orações dos santos podem resultar em grandes movimentos de Deus em nosso mundo.O chamado para se tornar um movimento de Deus nos campos de colheita do mundo, significa: 

  • Uma igreja focada na mensagem da cruz, na ressurreição e no Reino de Deus;
  • Uma igreja com doutrina saudável, que integra fé e prática;
  • Uma igreja com uma paixão santa, entregue aos propósitos de Deus;
  • Uma igreja que se expande e se multiplica, cruzando todas as barreiras religiosas, étnicas ou nacionais;
  • Uma igreja que reflete Jesus.

Cremos que a igreja local é o instrumento de Deus para transformar a sociedade. Cremos que os líderes locais devem receber tanto o privilégio quanto a responsabilidade de viver nossos Valores Essenciais. Isto, em resumo, representa a base teológica e prática para as propostas que se seguem.

A Cultura de nossa Comunidade 

Somos uma igreja conectiva e não um conjunto de igrejas independentes. Somos tremendamente fortalecidos por nossos relacionamentos baseados na verdade e na graça. O Produto número um da igreja é o relacionamento com Deus e com o próximo. Somos uma igreja bem estruturada, segundo o modelo bíblico, para o cumprimento de nossa missão. Temos um sistema hierárquico de submissão e prestação de contas, onde os membros prestam contas e se submetem às orientações de seus pastores, que por sua vez, se submetem aos superintendentes, que se submetem aos bispos, que se submetem uns aos outros. A prestação de contas é mútua, pois os líderes também devem prestar contas não apenas as seus superiores como também aos seus liderados. E todos devem ser igualmente submissos a Deus e às Escrituras.

Cremos que nossa missão dirige tudo que fazemos. 

Proclamamos que a salvação é gratuita. Jesus disse que o ministério autêntico é aquele que prega o evangelho aos pobres. Conseqüentemente, os destituídos e marginalizados do mundo merecem nosso cuidado especial.

Nós nos esforçamos para tornar a mensagem do evangelho pertinente à nossa cultura, permanecendo fiel a Deus enquanto mostramos amor e sensibilidade para com o mundo.
Aceitamos todos que vêm a nós, crendo que o pecador mais desesperado tem o potencial de se tornar um seguidor de Jesus íntegro e dedicado.
Vemos os grupos pequenos como o melhor ambiente para o nascimento, discipulado, encorajamento e cuidado dos novos crentes.

Vemos nossas igrejas locais como a linha de frente da nossa missão. Nossos pastores não são apenas designados à uma congregação, mas para a evangelização de comunidades inteiras, bairros e cidades.

Somos pessoas enviadas, encarregadas com a tarefa de alcançar novos territórios e novos povos com o evangelho.

Somos wesleyanos em nossa doutrina e em nossa prática. Valorizamos a direção das Escrituras e o consenso da Igreja ao longo de sua história.

Devemos ser pessoas santas. Nossa conduta e nosso ensino devem refletir a santidade e o amor a Deus. Não buscamos nada menos que a cura de mente, corpo e alma de todos que estão debaixo de nosso cuidado.

Nossos Valores Essenciais 

Como um povo de confissão armínio-wesleyana, enfocamos o viver vidas santas para a glória de Deus e buscamos:

  • “Amar o Senhor nosso Deus com todo nosso coração, alma, mente e força, e amar os outros a nós mesmos”. (Marcos 12:30-31)
  • “Ir às pessoas de todas as nações, fazendo discípulos de Jesus “. (Mateus 28:19)

Nosso Propósito 

  • Conhecer a Deus e glorificá-Lo, fazendo-O conhecido.

Nossa Prioridade Estratégica 

A prioridade estratégica da Igreja Metodista Livre é multiplicar líderes ungidos e competentes. Portanto, devemos atuar:

  • Investindo na multiplicação de líderes ungidos e competentes que possam aconselhar e equipar outros;
  • Formar e nutrir redes Metodistas Livres eficazes, que auxiliem no cumprimento de nossos Valores Essenciais;
  • Promover a visão de que cada igreja seja uma igreja saudável com liderança cheia do Espírito Santo, implementando uma estratégia para alcançar os Resultados Esperados.

Nossos Resultados Esperados

  1. Toda igreja uma comunidade de adoração;
  2. Toda igreja uma congregação envolvente, produzindo discipulado, crescimento e pessoas santas;
  3. Toda igreja uma congregação que se reproduz;
  4. Toda igreja alcançando regularmente os perdidos para Cristo;
  5. Toda igreja envolvida em nosso movimento missionário mundial;
  6. Toda igreja buscando a justiça e mostrando misericórdia aos pobres e marginalizados;
  7. Toda igreja organizando-se para melhor cumprir seu propósito e missão;
  8. Toda igreja caracterizada por oração de intercessão.

Nossos Princípios Inegociáveis 

  • Não podemos violar as Escrituras.
  • Não podemos violar os Artigos de Religião, a Constituição, o Compromisso de Membro ou a Missão da Igreja Metodista Livre.
  • Nossos pastores não podem violar seus votos de ordenação.
  • Nossos líderes não podem conduzir a igreja de maneira a distraí-la ou desviá-la de nossa missão.

Nossas Iniciativas de Liderança

  • Colocando a missão à frente dos métodos, nossos pastores e igrejas têm liberdade para criar estratégias e ministrar de forma a alcançar os Resultados Esperados.

Nossa Visão Para A Igreja Local 

  • Cada igreja, uma igreja saudável, com uma liderança cheia do Espírito, trabalhando estrategicamente para alcançar nossos Resultados Esperados.

A Igreja Metodista Livre é: 

  • Uma comunidade bíblica e saudável. Um povo santo. Multiplicadora de discípulos, líderes, grupos e igrejas.

“Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.” (1 Pedro 2:9)